Imprimir
PDF

Os assuntos abordados pelos vereadores na sessão desta terça-feira (6)

Publicado em Notícias - Sessões

Sessão ordinária

Os vereadores falaram de assuntos variados na Palavra Livre da sessão desta terça-feira (6), relacionados às agendas individuais e da Câmara.

Kiko do Restaurante (PSD) agradeceu à subprefeitura Sudeste por melhorias solicitadas em duas ruas e pediu paciência à população com obras no Boa Vista.

Pastor Ascendino Batista (PSD) afirmou que está sendo cobrado sobre a pavimentação comunitária, que está travada, segundo ele, e pediu providências ao líder do governo, vereador Érico Vinícius (Novo).

Diego Machado (PSDB) parabenizou a Igreja Católica brasileira pelos 76 anos de fundação jurídica. Ele também comemorou chegada de impressoras às escolas municipais, o que foi um pleito dos vereadores.

Tânia Larson (PSL) falou de projeto que dá nome de Marina Gavioli, médica veterinária morta de COVID, à rua do Centro de Bem-Estar Animal (CBEA). Tânia falou ainda sobre o abandono de animais e pediu maior microchipagem no município.

Ana Lúcia Martins (PT) falou da reunião na secretaria de Assistência Social e disse acreditar que não se trata de assistencialismo, mas de prover uma vida melhor para as pessoas com ações necessárias. Ana Lúcia pediu mais investimentos para a área, assim como para a cultura.

Cassiano Ucker (Cidadania) alertou para cuidados com a Covid-19, mesmo com a queda nas internações. Pediu para pessoas se cadastrarem para receber as vacinas e que há um projeto de lei na Casa que responsabiliza quem não comparece para tomar a vacina, de autoria de Kiko do Restaurante (PSD).

Sidney Sabel (DEM) disse que a Secretaria de Esportes anunciou que Programa de Iniciação Desportiva (PID) será ampliado para todos os bairros. Disse ainda que o Copão Kurt Meinert está em planejamento para agosto.

Henrique Deckmann (MDB) falou sobre feijoada beneficente para construção de hospital pela Associação Joinvilense de Combate ao Câncer, no restaurante Casa do Capitão, no domingo. O hospital, uma pareceria com o Bethesda, foi lançamento em 2018 e deve ter 204 leitos.

Érico Vinicius (Novo) falou que a terceira etapa de vacinação da gripe termina no domingo e que infelizmente houve baixa adesão. A vacina pode ser tomada sem agendamento nas UBS e na sala de vacinação, na Abdon Batista, 172, Centro.

Neto Petters (Novo) falou de seu projeto de extinção de leis bancárias, como a que obriga horário de atendimento, que não é prerrogativa do município. A instalação de banheiros e bebedouros, por exemplo, já é atendida por lei estadual mais rigorosa.

Wilian Tonezi (Patriota) convidou políticos do Novo a se filiarem ao Patriota porque o Novo está “se juntando com a esquerda” para apoiar impeachment de Bolsonaro. Tonezi elogiou a resposta de Bolsonaro à crise causada pela pandemia.

Lucas Souza (PDT) disse que leis bancárias são um avanço ao direito dos usuários em Joinville, e que projeto de extinção delas, protocolado por Neto Petters (Novo), não passará na Comissão de Legislação, da qual é membro.

Maurício Peixer (PL) disse que uma das bandeiras do Legislativo é dar agilidade à liberação de alvarás e que Casa recebeu relatório do Sindicato das Indústrias da Construção Civil (Sinduscon), apontando como resolver problemas.

Brandel Júnior (Podemos) falou sobre reunião com secretário de Esportes e a importância de políticas públicas na periferia. Falou também da chegada das impressoras nas escolas municipais e cobrou melhorias na operação de tapa-buracos.


Texto
Carlos Henrique Braga
Foto
Mauro Artur Schlieck
Edição
Felipe Faria

Notícias Relacionadas


Se você quer fazer uma correção, sugestão ou crítica, envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Portal da Transparência

Você pode acompanhar toda a prestação de contas da Câmara de Vereadores de Joinville por meio dos menus ao lado. Para mais informações, com base na Lei de Acesso à Informação, utilize o e-mail.

transparencia@cvj.sc.gov.br